quarta-feira, 11 de abril de 2012

UM POUCO DA HISTÓRIA DA IRIDOLOGIA

UM POUCO DA HISTÓRIA DA IRIDOLOGIA


Os olhos desde os primórdios da humanidade são objetos de fascínio, achados arqueológicos comprovam que vários povos deixaram inscrições em pedras sobre a íris e a sua relação com o corpo. Hipócrates também se interessou pela íris como uma forma de diagnose.

Os primeiros trabalhos mencionando os sinais na íris surgiram em 1670, na obra Chiromatic Medica escrita por Phillipus Meyens (Dresden – Alemanha) e em 1695 nos trabalhos científicos escritos por Joahann Eltholtz (Nuremberg – Alemanha).

Porém foi Ignatz von Péczely (Budapest - Hungris,1826-1911) que deu o primeiro passo para codificar a Iridologia. Quando era criança fraturou acidentalmente uma das patas de uma coruja e verificou o aparecimento de uma marca na íris da referida ave. Ele desenvolveu mapas sobre as representações topográficas das íris. Em 1880 publicou uma brochura apresentando o método praticado e comprovado, desde seus 20 anos. Posteriormente outros estudiosos deram continuidade aos estudos da Iridologia fortalecendo esse método.
 

Desde então muito estudioso dedicam-se ao estudo da Iridologia, aqui no Brasil podemos destacar o Prof. Voislav Todorovic, Celso Batello e Prof. Gauer (Iridossomatologia).

Até mais,

Flavia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário